Onlypult + Pieta: salvando vidas

2 maio 2018
COMPARTILHAR:

Por anos, Onlypult vem cooperando com diversas fundações mundo afora para tornar o mundo um lugar melhor. Uma dessas organizações está sediada em Dublin, na Irlanda. Pieta House é uma fundação de caridade, a qual ajuda pessoas que estavam prestes a cometer suicídio, porém de alguma forma conseguiram encontrar ajuda para dar a volta por cima.

Nós fizemos uma breve entrevista com o departamento de comunicação da Pieta para saber como é a sensação de mudar o mundo.

A post shared by Pieta House (@pieta.house) on

Conte-nos sobre a Pieta: Quando, por quem e com que finalidade a organização foi fundada?

Pieta foi fundada em 2006, na Irlanda, para proporcionar ajuda profissional e gratuita para pessoas que passaram pela ânsia de cometer suicídio ou de se autoflagelar de alguma forma. Em 2016, a instituição ampliou as suas atividades oferecendo consultas para pessoas que precisam de cuidados psicológicos. A fundação tem filiais em toda a Irlanda e até o momento já atendeu a mais de 36.000 pessoas. Não é apenas sobre os métodos de terapia aplicados, mas também sobre a abordagem especial que nossos funcionários têm com suas profissões, que requerem carinho, acolhimento e compreensão. 240 pessoas trabalham na Pieta House parcial ou integralmente, e nós também possuímos o telefone 1-800-247-247 disponível 24h.

Na Pieta House nós queremos que o mundo inteiro se esqueça do suicídio, que as pessoas parem de se autoflagelar e julgar umas as outras, e que a esperança, o carinho e a aceitação das individualidades proporcionem tudo isso.

Como o Instagram ajuda na sua missão?

Pieta House é esperança, e os nossos posts refletem nossos valores. O Instagram nos ajuda a alcançar o público que não utiliza o Facebook ou Twitter (nós também temos páginas lá). Redes sociais são importantes para cobrir nossas atividades, levantar dinheiro para a fundação e reduzir o estigma do suicídio. Além disso, a conta do Instagram é a que mais cresce se comparada a outras mídias sociais e nos da a chance de alcançar um público imenso.

A post shared by Pieta House (@pieta.house) on

Como a Onlypult ajuda no trabalho de vocês?

Onlypult foi um dos primeiros a disponibilizar o agendamento de posts no Instagram, algo que salva bastante o nosso tempo. Há um ano, antes de tomarmos conhecimento do serviço, nossa conta do Instagram estava quase desativada por motivo de falta de tempo e por ser difícil planejar uma estratégia de conteúdo para ela. Nós gostamos muito da interface intuitiva e apreciamos a rapidez da equipe de suporte para solucionar duvidas e demais situações.

E, claro, que a função de salvar hashtags e extremamente útil.

Vocês podem nos contar algum caso no qual o suporte da Pieta, em um momento difícil, mudou a vida das pessoas para melhor?

Nós não pedimos aos nossos amigos para compartilharem suas histórias, visto que, nós lidamos com pessoas que estavam à beira de cometer suicídio. Isso previne reações negativas contra as ex-vitimas na mídia e em redes sociais (por exemplo, trolagens ou comentários negativos). Entretanto, é possível encontrar relatos de pessoas que conseguimos ajudar em nossa página do Facebook, na seção de Relatos.

Há alguma coisa que vocês gostariam de contar as pessoas sobre a fundação ou sobre problemas a serem resolvidos?

Não há motivos e não é o seu destino se sentir triste! Sim, nós falamos sobre coisas muito importantes, mas nós ajudamos as próprias pessoas a acharem os motivos para viverem as suas vidas de forma plena. Nós temos uma atmosfera bastante encorajadora: nós conhecemos pessoas incríveis e trabalhamos em projetos grandiosos.

O que pode ajudar a fundação a cumprir sua missão?

Nossa principal meta é fazer com que a Pieta não precise existir. Nós, da Pieta House, queremos ver um mundo no qual ninguém precise da nossa ajuda e ninguém cometa suicídio ou se autoflagele, ou sofra com suicídio de um ente querido. Se as pessoas entenderem que o modo como tratamos uns aos outros é uma questão de vida ou morte, isso nos ajudará. Rotular pessoas baseados na raça, preferencias sexuais, religião, aparência, personalidade e assim por diante, são as razões pelas quais as pessoas vêm até nós, não apenas por motivos de doenças mentais. Desde que começamos, muitas coisas mudaram na Irlanda a esse respeito (as redes sociais ajudam muito com isso). O próximo passo é aceitar o fato de que nossas ações têm resultados. Elas mudam o mundo para melhor.

A post shared by Pieta House (@pieta.house) on

Onde encontrar mais informações sobre a Pieta?

Comece pelo nosso website: www.pieta.ie. E claro, há também as nossas páginas do Facebook, Twitter e Instagram. Elas são diferentes na essência e no conteúdo.

Se você está fazendo um mundo melhor e redes sociais ajudam você nisso, escreva para [email protected]. Nós vamos contar a sua história e inspirar outras pessoas através do seu exemplo.

Subscrever a newsletter semanal Onlypult