Como usar os haters para se autopromover

17 outubro 2018
COMPARTILHAR:

Todos sabem que as redes sociais não são feitas apenas de amigos e seguidores queridos, elas também são feitas de haters.

O que está escrito sobre isso nas enciclopédias?

“Hater é um inimigo, oponente, encrenqueiro, atormentador. Do inglês “hate” que significa ódio. Aquele que tem fortes sentimentos negativos por alguma pessoa.”

Geralmente eles utilizam as seguintes frases:

“Desculpe, mas vou dizer a verdade agora!” “Eu não sou um hater, mas…” “Bobagem! / Isso é um absurdo! / Como esse absurdo entrou no meu feed! ”

Mas, para sermos sinceros, todos nós já escrevemos algo assim na página de outra pessoa. Pare de negar isso com essa cara de culpado. Tudo bem, ninguém é perfeito.

Qual é a vantagem de ter haters?

Não se apresse em banir eternamente essas pessoas desagradáveis, pois é sempre possível fazer isso mais tarde. Existem maneiras de fazê-los trabalhar para você. O segredo é não levar tudo a sério.

Se você não tem recebido feedbacks negativos por um longo tempo, isso é um sinal de que você está andando em círculos e não tem expandido o seu território. Você criou um ambiente confortável ao seu redor e, em vez de seguir em frente, fica eufórico com os likes. Dessa forma, você nunca vai ter um milhão de seguidores.

A comunicação com haters atrai seguidores - todo mundo quer observar uma briga a uma distância segura, ou até mesmo tomar partido nela algumas vezes. Você pode até mesmo postar um print das partes mais provocantes da conversa para entreter a todos. A adrenalina online torna a vida mais interessante e sem riscos.

Se tal situação ocorrer no Facebook, é melhor não excluir os comentários que você não gostar. E aqui está o porquê:

  1. Uma página muito limpa parece entediante e não inspira confiança, porque a perfeição não é real.
  2. Qualquer comentário faz o seu post ser mostrado no feed, por isso é melhor levar o hater na esportiva e incentivá-lo a escrever mais alguns comentários.

Assim, se na próxima vez em sua página você vir uma declaração negativa como “o autor deste post é malvado e acéfalo”, não ignore ou apague o comentário.

Diga olá e entre numa conversa casual. Não se ofenda com essa pessoa, porque você facilmente perderá os limites e levará para o lado pessoal comprometendo a sua marca. Pense em tudo como um jogo. A promoção nas redes sociais tem vários lados e esse é um deles.

Aprimorar o seu sarcasmo e habilidades de retorica é benéfico para o seu cérebro. Você pode achar graça, mas os cientistas provaram que o nosso cérebro gasta mais energia para entender o sarcasmo, o que significa que nesse caso funciona ainda melhor. O diálogo com sarcasmo ativa o pensamento abstrato e estimula a criatividade. Você vê as vantagens agora?

E aqui estão algumas “regras de segurança”:

  • Se você é uma pessoa sensível e frágil, deixe a sua página no modo privado e examine cuidadosamente todas as solicitações para seguir você.
  • Sinta-se à vontade para bloquear um hater particularmente desagradável. Esta é a sua página e suas regras devem ser seguidas. Em casos especialmente graves, imponha penalidades administrativas. O vandalismo virtual está sujeito à aplicação da lei.
  • Use o aikido verbal, transformando gradualmente uma pessoa de inimiga em aliada, compradora ou parceira.

E nunca tenha medo de haters, e se esse hater for você ou eu? Todos nós temos duas pernas, duas mãos e muitos complexos escondidos, a necessidade de rir e o amor por biscoitos de chocolate.

Subscrever a newsletter semanal Onlypult